Dia 15, terça-feira

19h30 – Edu Krieger

Rafael dos Santos – cavaco/ Chris Mourão – percussão / PC Castilho – flauta, percussão e voz

Requisitado por intérpretes como Ana Carolina, Maria Rita, Roberta Sá, Maria Gadú e Teresa Cristina, Edu Krieger sobe ao palco do Rio Scenarium para cantar as suas próprias canções e ainda prestar homenagem aos mestres do samba que influenciaram sua carreira, prometendo, como sempre, botar o público para se divertir e dançar.

22h30 – Artigo Esgotado

Stephanie Serrat – vocal / Guilherme Caselli – violão/ Thiago Barbosa – cavaquinho/ Juninho Oliveira – percussão geral /Alex Cardoso – pandeiro

Formado por cinco jovens com mais de dez anos de experiência musical, o grupo reúne um repertório de clássicos como os do mestre Cartola e de Zeca Pagodinho.

Dia 16, quarta-feira

19h30 – Samba em 3

André Mendes – Voz e violão 7 cordas / Denis Lopes – Voz e bandolim / Léo Cortez – Voz e bateria/ Sérgio Castanheira – voz, baixo e trombone.

Com formato reduzido, porém completo e musicalmente funcional, o trio foi formado com o intuito de executar temas instrumentais e cantados, mesclando várias vertentes da MPB. E para temperar ainda mais este samba, eles convidam o amigo, baixista e trombonista Sérgio Castanheira.

22h30 – Unha de Gato

A nova geração do samba e choro de Niterói marca presença no palco do Rio Scenarium com o grupo que revelou talentos. O repertório esbanja qualidade e abrange craques de várias épocas.

Dia 17, quinta-feira

19h30 – Samba em 3

André Mendes – Voz e violão 7 cordas / Denis Lopes – Voz e bandolim / Léo Cortez – Voz e bateria/ Sérgio Castanheira – voz, baixo e trombone.

Com formato reduzido, porém completo e musicalmente funcional, o trio foi formado com o intuito de executar temas instrumentais e cantados, mesclando várias vertentes da MPB. E para temperar ainda mais este samba, eles convidam o amigo, baixista e trombonista Sérgio Castanheira.

22h30 – Gafieira Carioca

Thais Motta e Artur Elyachar – voz / Lourival Franco – teclado / Jeferson Victor – flugelhorn / Darcy da Cruz – trompete / Pedro Moraes – baixo / Daniel Conceição – bateria.
Na geração das novas bandas que recriam e atualizam o som das tradicionais gafieiras, cada grupo vai buscando sua identidade. O Gafieira Carioca dá ênfase aos sopros, com naipes bem arranjados e espaço para a improvisação. O leque de repertório vai do samba-rock até a bossa nova.

Dia 18, sexta-feira
20h00 – Bebadosamba

Mariana Luduvice – voz/ Raphael Moreira – voz e pandeiro/ Bruno Santos – voz e violão/ Luizinho Croset – cavaco/ Thiaguinho Castro – percussão

O grupo Bebadosamba mistura sambas e choros num repertório com obras raras, populares e antológicas do século passado, numa roupagem contemporânea e inovadora. Os arranjos privilegiam os solos das cordas e dos sopros e a percussão diferente, resgatando a tradição e inovando com a contemporaneidade.

23h00 – Ito Melodia

Odilon – violão/ Dudu Belchior – baixo/ Higor Leoni – cavaquinho/ Bocão – bateria/ Cabelinho do Samba – pandeiro/ Bigode – percussão/ Carlos Baby – tantã/ Blade – surdo / Márcio – flautas

Com dois Estandartes de Ouro na bagagem, o compositor e intérprete Ito Melodia, da União da Ilha, também se aventura além das fronteiras do samba-enredo. Em plena atividade artística e com grande vitalidade, Ito começa a se preparar para o lançamento de seu próximo CD, O Samba em Minha Vida, que conta com a produção de Mauro Diniz e participações de Elymar Santos, Bruno Ribas, Cloves Pê, Zé Paulo e Neguinho da Beija-Flor.

02h30 – Forró de Ponta

Gigante do Acordeom – acordeom e voz / Jailson Pita – zabumba / Paulo Carrapeta – triângulo

Formado em 2001 por jovens frequentadores da feira de São Cristóvão, o trio exibe características do forró pé de serra original junto à sua perspectiva sulista e contemporânea. No repertório sucessos de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Alceu Valença, Geraldo Azevedo, entre outros respeitáveis artistas nordestinos e nortistas.

Salão Anexo

20h30 – Jacarandá Trio

Henri Lentino – bandolim/ Caio Márcio – violão/ Wilson Meireles – bateria

O time arregimentado pelo legendário baterista Wilson Meireles brinca com a tradicional forma do choro. Eles transformam o estilo com arranjos que agradam a galera que gosta de uma pegada forte, ritmo quente e muita energia.

23h30 – JPG

Eduardo Gema – Cajon / João Ramalho – guitarra, baixo e voz

A sonoridade acústica da banda cria no ambiente um sensual contraste com a música mecânica do DJ Marcello Sabre. Com uma pegada extremamente rítmica, João e Gema seguram o repertório o tempo todo em cima, encorajando os presentes na pista a entoarem animados hits do Pop Rock Nacional e de uma MPB feita para dançar.

01h00 – DJ Marcello Sabre

DJ Marcelo Sabre comanda a pista de dança do Rio Scenarium com o melhor da música brasileira.

Dia 19, sábado
20h00 – Bebadosamba

Mariana Luduvice – voz/ Raphael Moreira – voz e pandeiro/ Bruno Santos – voz e violão/ Luizinho Croset – cavaco/ Thiaguinho Castro – percussão

O grupo Bebadosamba mistura sambas e choros num repertório com obras raras, populares e antológicas do século passado, numa roupagem contemporânea e inovadora. Os arranjos privilegiam os solos das cordas e dos sopros e a percussão diferente, resgatando a tradição e inovando com a contemporaneidade.

23h00 – Toque de Arte

Marcelo Eloi – percussão, voz e direção musical/ Marcelo China – violão e voz/ Fernando Régis – percussão, cavaco e voz/ Márcio Costa – percussão, cavaco e voz/ Leandro Vasquez – contrabaixo/ Marco Tulio – sax, flauta e clarinete/ Reinaldo Pestana – bateria.

No show, o grupo, que já está em seu segundo disco, evoca a tradição dos conjuntos vocais brasileiros em repertório que prioriza o samba.

02h30 – Forró de Ponta

Gigante do Acordeom – acordeom e voz/ Jailson Pita – zabumba/ Paulo Carrapeta – triângulo

Formado em 2001 por jovens frequentadores da feira de São Cristóvão, o trio exibe características do forró pé de serra original junto à sua perspectiva sulista e contemporânea. No repertório sucessos de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Alceu Valença, Geraldo Azevedo, entre outros respeitáveis artistas nordestinos e nortistas.

Salão Anexo

23h30 – DJ Marcello Sabre

DJ Marcelo Sabre comanda a pista de dança do Rio Scenarium com o melhor da música brasileira.

Dia 20, domingo
20h00 – Bebadosamba

Mariana Luduvice – voz/ Raphael Moreira – voz e pandeiro/ Bruno Santos – voz e violão/ Luizinho Croset – cavaco/ Thiaguinho Castro – percussão

O grupo Bebadosamba mistura sambas e choros num repertório com obras raras, populares e antológicas do século passado, numa roupagem contemporânea e inovadora. Os arranjos privilegiam os solos das cordas e dos sopros e a percussão diferente, resgatando a tradição e inovando com a contemporaneidade.

23h00 – Sarah

Sarah – voz / Rodrigo Revelles – sax / Henrique Martins – violão/ Marcio Hulk – cavaco/ Carlinhos – tcha tcha tcha/ Álvaro Barcelos – percussão/ Jorge Gomes – bateria

Com uma voz grave, de timbre quente e flexível, sua experiência faz com que ela se sinta em casa em cima do palco. É um show de interatividade e carisma que se completa com sambas populares.

Salão Anexo

23h30 – DJ Marcello Sabre

DJ Marcelo Sabre comanda a pista de dança do Rio Scenarium com o melhor da música brasileira.

Serviço – Rio Scenarium

Rua do Lavradio, 20, Centro Antigo. Telefone: (21) 3147-9000.

Horário de abertura da casa: terça a quinta, às 18h30; sexta, às 19h; sábado e domingo, às 20h.

Ingressos: R$ 25 (terça a quinta); R$ 35 (sexta); Sábados, domingos e vésperas de feriado (R$ 40).

Cartões de créditos e débitos: todos.

Site: www.rioscenarium.com.br. Aberto em 2001.