A influencerWanessa Mourafoi destaque na campanha da marca de perfumes Fresh Goddess. Após a divulgação das fotos, a modelo começou a receber mensagens nas redes sociais acusando-a de incentivar a magreza excessiva e um corpo irreal.

“As pessoas nos acusam de promover magreza excessiva, mas também nos acusam de estar acima do peso. Ou seja, as mulheres serão sempre julgadas por serem magras demais ou gordas demais,” declarou Wanessa Moura, que gastou quase 100 mil reais em cirurgias plásticas para ficar parecida com a atriz Penélope Cruz.

Pelo corpo esguio, ela admite que sua silhueta lhe conferiu muitas campanhas na Ásia e participações em Bollywood, mas ressalta a importância da conscientização nas redes sociais:

“Fiquei chocada com a quantidade de comentários cruéis sobre o meu corpo,” escreveu. “Recebi mensagens dizendo que pareço doente, que estou dando um mau exemplo. Isso me machuca, porque sempre cuidei muito bem da minha saúde. Mas estou bem longe de estar desnutrida, de acordo com o meu IMC.”

Desde 2018, Wanessa apoia projetos de lei que proíbam a magreza excessiva nas passarelas de moda. Com 1,72 m, 60 cm de cintura e manequim 36, ela fez um ensaio para protestar contra a ditadura da magreza, que incluiu em seu portfólio profissional. “Sou magra por genética, mas não desejo que ninguém alcance meu tipo físico sem acompanhamento médico,” afirmou.

Wanessa lançousua própria linha de cosméticos, incluindo o ‘Fresh Goddess – Sérum Glow Primer’, que prepara a pele antes da maquiagem, e o Lip Gloss Hyaluronic, composto por nano ácido hialurônico, vitamina E e óleo essencial de menta, que previne o envelhecimento e hidrata. Além do gloss e do sérum, a linha também inclui um gel modelador de sobrancelhas e cílios.