Mais que atuar em peças teatrais daquele que é considerado o maior poeta e dramaturgo inglês, William Shakespeare, o Shakespeare Festival traz o objetivo de incentivar crianças e adolescentes a mostrarem, em público, a desenvoltura da pronúncia e a capacidade de realizar um evento em outro idioma. Para isso, precisaram criar um novo roteiro, na língua inglesa, adaptado às peças. Entre as apresentações, no Teatro dos Grandes Atores, na Barra da Tijuca, citam-se MacBeth, Hamlet e Romeu e Julieta.

.
“Essa iniciativa surgiu da ideia de o bilinguismo não ser só aumentar a quantidade de horas de aulas de inglês, mas sim estimular o conhecimento cultural histórico, principalmente literário”, é o que explica Andreia da Silva Ramos, Diretora Pedagógica do Bilinguismo do Colégio Alfa CEM. O desejo dela é que os alunos pudessem ler clássicos literários e William Shakespeare, foi o escolhido por ser um dos principais autores britânicos. “Escreveram roteiros lindos e encenaram, sem vergonha, sem timidez”, acrescenta.

Orgulhosa, Maria Cristina Cerqueira Alves, fundadora da Alfa CEM, explica que, além de todo o preparo pedagógico, há professores de Teatro que deram feedback durante os ensaios, que duraram quase dois meses. No entanto, o prazer de interpretar um clássico do Século XVI, é fantástico. “É mais que um estudo, porque falam de Shakespeare, de literatura e desenvolvem outras habilidades”, enfatiza.

Vale ressaltar que o projeto levou os estudantes à reflexão de temas como ambição, papéis de gênero, realidade versus aparências, honestidade, amor, família, bondade, natureza da guerra e da política, do discurso populista e da manipulação das massas, entre outros.

Foto: Elenco de Hamlet