Em novo livro, autor Michel Helal defende equilíbrio entre vida e carreira e desencoraja listas cheias de tarefas

A procrastinação influencia o cérebro humano, e é possível provar. O Instituto do Cérebro de Paris, em estudo publicado em setembro de 2022, percebeu que pessoas que costumam procrastinar (ou, em outras palavras, “enrolar” a conclusão de tarefas) têm a amígdala, parte do cérebro responsável por emoções negativas, maior, e menos funcionalidade na região responsável por tomadas de decisão, o córtex cingulado anterior dorsal.

Quem propõe medidas contra a procrastinação, sem estresse, é o empresário e mentor de negócios Michel Helal. Autor do lançamento “O Segredo da Produtividade”, Helal acredita que colocar as demandas em dia não só é possível, como pode acontecer sem precisar listar dezenas de tarefas seguidas. No livro, o terceiro de Helal, o autor convida ao questionamento: sua lista de tarefas realmente contém o que você precisa fazer?

— Quanto mais temos coisas a fazer, maiores se tornam as listas. Isso gera um excesso de informação, e nos faz realizar atividades que nunca trazem, de fato, a sensação de realização ao cumprirmos essas demandas. A chave é aprender a usar listas de maneira eficiente, estabelecendo prioridades e limites. Não há nada mais inútil do que fazer algo eficiente que você nem deveria estar fazendo — acredita o autor.

Helal, natural do Rio de Janeiro, é carioca de carteirinha. É, inclusive, filho de George Helal, ex-presidente do Clube de Regatas do Flamengo, time clássico da cidade e do país. Mas foi fora do Brasil onde o autor trabalhou como programador durante seis anos em Nova York, nos Estados Unidos, e seu tempo na “grande maçã” o fez começar a perceber o que, hoje, se tornaram os 10 passos práticos e 22 hacks de produtividade presentes em seu terceiro livro.

O empresário constatou que apostar todas as fichas da produtividade em listas de afazeres diárias pode, muitas vezes, levar as pessoas a procrastinar esses mesmos afazeres ou a se sentirem sobrecarregadas, rumo ao burnout, só de encarar a longa sequência de obrigações. Para o autor, isso cria mais ansiedade que produtividade.

Para alcançar a produtividade que nos traz satisfação, e não exaustão, é importante aprender, inclusive, a delegar tarefas, especialmente quando ocupamos um cargo onde as responsabilidades são muitas. Confira como identificar o momento e o jeito certos de delegar demandas e, assim, redescobrir e dominar o seu tempo.

“A delegação de tarefas é um pilar central na construção de uma estratégia efetiva de produtividade, tanto em ambientes corporativos quanto na esfera pessoal. Este tópico explora a importância de aprender a delegar tarefas de maneira eficaz, destacando os benefícios significativos que essa habilidade pode trazer para a otimização do tempo, o aumento da eficiência e a promoção do desenvolvimento de equipes.

A delegação permite que os indivíduos se concentrem em suas forças, dedicando-se às atividades mais críticas e de maior valor, enquanto confiam outras tarefas a colegas ou colaboradores cujas habilidades são mais adequadas para essas funções específicas.

O reconhecimento da capacidade e do potencial de outros indivíduos é um ponto crucial no processo de delegação. Confiança, comunicação clara e a definição de expectativas precisas são elementos-chave que facilitam a transferência eficaz de responsabilidades. Além disso, é vital entender que delegar tarefas também envolve fornecer o suporte necessário e estar aberto para feedback, criando um ambiente de aprendizado mútuo e desenvolvimento contínuo.

Vários autores destacaram a importância da delegação em suas obras sobre produtividade e liderança. Em “O Mito do Empreendedor”, Michael E. Gerber discute como empresários podem transformar pequenos negócios em empresas de sucesso através de sistemas eficazes, onde a delegação desempenha um papel fundamental.

Stephen R. Covey, em “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”, aborda a delegação como uma ferramenta essencial para a gestão eficaz do tempo, incentivando líderes a focarem em atividades que estejam alinhadas com suas áreas de maior contribuição. Outra leitura recomendada é “Faça Acontecer: Mulheres, Trabalho e a Vontade de Liderar”, de Sheryl Sandberg, que oferece uma perspectiva inspiradora sobre a importância da delegação na conquista do equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

Delegar exige confiança, comunicação clara e, acima de tudo, a compreensão de que ninguém é insubstituível – nem mesmo você. Aqui está como você faz isso direito:

1. Identifique o que delegar:Comece com tarefas que são repetitivas, consomem muito tempo ou estão fora do seu campo de expertise. Essas são as tarefas ideais para passar adiante.

2. Escolha a pessoa certa:Delegar não é sobre despejar tarefas no colo do primeiro que passa. É sobre encontrar a pessoa com as habilidades e a capacidade para fazer o trabalho bem feito. Isso pode exigir treinamento, mas o investimento vale a pena.

3. Comunique claramente:Isso significa definir expectativas, prazos e fornecer os recursos necessários. Deixe claro o resultado desejado, mas dê liberdade para a pessoa encontrar sua própria maneira de chegar lá.

4. Dê feedback e reconheça:Delegar é também um ato de desenvolvimento. Dê feedback construtivo e reconheça os esforços e sucessos. Isso não apenas melhora o desempenho, mas também constrói confiança e lealdade.

Peguemos o exemplo de uma líder de projeto encarregada de entregar um produto complexo. Em vez de tentar gerenciar cada aspecto do projeto, ela divide o trabalho em componentes e delega cada um a membros da equipe com a expertise necessária. Ela estabelece marcos, monitora o progresso e mantém as linhas de comunicação abertas, mas deixa a execução nas mãos da equipe.

O resultado? Um projeto entregue com eficiência, em tempo e com uma equipe que se sente valorizada e envolvida.”

Sinopse do livro: Você já sentiu que poderia fazer mais com o seu tempo? Em “O Segredo da Produtividade”, de Michel Helal, considerado o mentor dos mentores, você descobrirá estratégias revolucionárias para transformar caos em eficiência e alcançar suas metas sem procrastinação. Vivemos na era da atenção fragmentada, onde cada notificação de WhatsApp compete por um pedaço de nossa energia.

Este livro não só identifica o problema, mas também oferece uma solução prática através de 10 passos essenciais e 22 hacks de produtividade. Aprenda a gerenciar sua atenção, priorizar tarefas, e recuperar o tempo livre que parece tão esquivo na sociedade moderna. Prepare-se para mudar radicalmente sua abordagem ao trabalho e à vida, descobrindo que ser produtivo também significa ter tempo para não fazer nada.

Site oficial Michel Helal:https://michelhelal.com/

Perfil oficial Michel Helal:https://www.instagram.com/michel.helal/

Perfil oficial Interminds Editora:https://www.instagram.com/intermindseditora/