O Brasil é uma das principais fontes de gemas preciosas no mundo, com uma variedade impressionante de pedras como a esmeralda, a turmalina paraíba, a ametista e o topázio imperial. Na alta joalheria, essas pedras são valorizadas não só pela sua beleza, mas também pela sua raridade e qualidade excepcional. Discutir a origem, as características singulares e a história dessas pedras mostra o impacto do Brasil no cenário global da joalheria de luxo.

De acordo com Mercia Dias, fundadora daMerciaa Alta Joalheria, empresa que atua no mercado de luxo desde 2008, nosso país é um tesouro inestimável de gemas preciosas, cada uma carregando em si sua história e brilho. “Desde sempre, temos nos dedicado a valorizar essas riquezas naturais e transformar a beleza bruta em arte refinada, com o talento de nossos artesãos somado ao conhecimento personalizado do perfil de nossos clientes”, comenta.

Como uma região rica em recursos naturais, a abundância do Brasil se estende às pedras preciosas e semipreciosas. A geologia variada e a vasta extensão territorial fazem do país um dos principais fornecedores de pedras naturais do mundo. “Com tanta riqueza e diversidade, não é à toa que as pedras naturais brasileiras chamam atenção por onde passam. E que sorte a nossa!”, acrescenta a especialista.

Entre as pedras preciosas mais famosas do país estão a ágata, a ametista, o topázio, a esmeralda, a turmalina, a opala e a água-marinha. “A ágata é encontrada em uma variedade enorme de cores, incluindo tons de marrom, cinza, azul, verde e vermelho. Graças aos seus diferentes padrões de bandas, ela adiciona um toque especial e sofisticado aos designs”, conta Mercia. Ela ainda conta que a ametista, com sua cor púrpura característica, é uma das pedras mais populares no mundo da joalheria.

Já o topázio pode ocorrer em várias cores, incluindo azul, rosa, amarelo e incolor. No Brasil, o topázio imperial, com sua cor dourada a rosa-alaranjada, é especialmente apreciado, oferecendo versatilidade e um toque de elegância. As esmeraldas, conhecidas por sua deslumbrante coloração verde, são altamente cobiçadas.

“O Brasil é um dos maiores produtores de turmalina no mundo, com variedades de cores que vão do verde, rosa e azul até a rara turmalina paraíba, que exibe um deslumbrante tom azul-neon”, pontua. Além disso, a água-marinha, uma variedade de Berilo, é conhecida por sua cor azul-esverdeada que lembra a cor do mar.

Com tantas possibilidades, muitas marcas estão aproveitando a riqueza das pedras brasileiras em suas coleções, destacando sua proveniência e contribuindo para a economia local. A excelente qualidade das pedras naturais também atrai consumidores de todo o mundo. “A autenticidade e os métodos responsáveis de extração são características que aumentam a confiança e o valor dessas gemas no mercado global. A alta joalheria brasileira, com suas pedras deslumbrantes e artesanato superior, continua a encantar e a inspirar a todos que apreciam a verdadeira beleza e riqueza das gemas naturais”, conclui.