Marca de tênis será uma das apoiadoras da etapa do Championship Tour (CT), em Saquarema, no Rio de Janeiro

A Bamba, renomada marca de tênis e que fez sucesso especialmente nos anos 1980 e 1990, é a nova patrocinadora do Vivo Rio Pro apresentado por Corona, organizado em Saquarema-RJ pela World Surf League (WSL). A empresa especializada em calçados está diretamente associada ao estilo de vida dos amantes do surfe e faz sucesso entre os mais jovens.

Reformulada, a marca tem como objetivo recriar memórias com modelos mais tecnológicos, sustentáveis e igualmente inconfundíveis. Os produtos são produzidos de maneira consciente. Esses são alguns dos pilares que estreitaram ainda mais os laços entre a empresa e a Liga, que também se dedica para o desenvolvimento de um planeta mais sustentável.

“Estamos muito felizes em firmar este acordo com a Bamba. No Vivo Rio Pro, a gente tem uma atmosfera espetacular, que inclui festas e ações durante o dia inteiro. Ou seja, temos a mesma sintonia de Bamba, que carrega essa tradição brasileira e que marcou época no Brasil e agora está voltando em uma nova versão. É uma parceria que faz todo o sentido, principalmente em um evento tão tradicional como o nosso e que tem basicamente esse apoio no estilo de vida e na autencidade”, afirma Ivan Martinho, presidente da WSL na América Latina.

“Não tinha como não apoiar este evento, ainda mais na etapa brasileira! Bamba sempre foi do Brasil, na sua pegada autêntica e original. E, além de tudo, pra nós, valorizar os momentos mais simples, é um estilo de vida. Ver um pôr do sol junto, torcer por um esporte, estar na natureza, enfim, toda essa vibe que transborda neste evento é uma conexão total com Bamba”, diz Júlia Maringoni , sócia da marca.

Considerado um dos melhores eventos esportivos do mundo para se assistir ao vivo, o Vivo Rio Pro apresentado por Corona, que acontece entre os dias 22 e 30 de junho, será a última etapa do CT antes da parada para os Jogos Olímpicos de Paris 2024. A exemplo de 2023, o local terá diversas ativações de marketing durante a disputa e receberá, além dos melhores surfistas do planeta, espectadores, celebridades, autoridades públicas, influenciadores digitais e imprensa.

Na última década, o Brasil dominou o cenário do surfe mundial. De 2014 para cá, surfistas do país venceram sete das últimas nove edições do Championship Tour. Em Saquarema, o domínio da ‘Brazilian Storm’, no masculino, é absoluto. Desde 2017, triunfaram na cidade: Adriano de Souza, Filipe Toledo (três vezes) e Yago Dora. Em 2020 e 2021, por conta da pandemia de Covid-19, o evento não aconteceu.