Feira Abrin comemora 40 edições e acontece entre 3 e 6 de março, no Expo Center Norte; Indústria do brinquedo fatura perto de R$ 9,5 bilhões, com crescimento de 3,81%

O crescimento da indústria do brinquedo no País vem se mantendo nos últimos anos, com a seguinte variação: em 2020, registrou-se crescimento de 3,5% (R$ 7,5 bilhões); 2021 foi um ótimo ano com 14% a mais perante o ano anterior (R$ 8,6 bilhões); 2022 registrou 6% de crescimento (R$ 9,1 bilhões) e ano passado, 2023, o crescimento esteve na casa dos 3,81% (R$ 9,465 bilhões). Synésio Costa, presidente da ABRINQ – Associação Brasileira dos Fabricantes do Brinquedo, estima para 2024 um faturamento de mais 4%, em torno de R$ 9.8 bilhões.

De acordo com a estatística anual da ABRINQ, o número de empregos passou de 37.650 em 2022 para 40.131 no ano passado, que concentrou nos últimos cinco meses do ano 61% das vendas. A média de lançamentos da indústria, que vive de novidades, foi de 1.300 brinquedos, com variação de preço ao longo de 12 meses de 3,94.

Edição 2023 da Feira Abrin, no Expo Center Norte

O levantamento da entidade mostra que o segmento de brinquedos classificados como relações sociais ocupou a primeira posição com 17% das vendas, seguido pelo desenvolvimento afetivo (15%), criatividade (13%), empatado com o técnico (13%), e primeira idade (11%).

Brinquedos do tipo veículos lideraram (carrinhos, motos, pistas), com 16,9%, vindo depois os esportivos (patins, patinete, triciclo), com 15%, jogos e bonecas ambos com 13,1 e reprodução do mundo real com 11,1%. As vendas por estado mostram São Paulo atingindo 37,6% do mercado, vindos depois Santa Catarina (7,8%), Minas Gerais (7,1%), Paraná (6,6%) e Rio de Janeiro (5,9%).

A ABRINQ tem motivos suficientes para comemorar as 40 edições da ABRIN, em cartaz de 3 a 6 de março, das 10h às 20h, no Expo Center Norte (Vila Guilherme/SP). São cerca de 1.500 lançamentos na feira, muitas novidades, tendências reveladas e visitação esperada acima da registrada ano passado. Segundo o presidente da entidade, Synésio Costa, “as variáveis conspiram a nosso favor, no Brasil. Se em 2010 vendíamos cinco brinquedos per capita no País, ano passado subimos para 11 brinquedos”, explica.

E, claro, a programação da edição 2024 oferece um pacote completo de conteúdo, inovação, tecnologias e tendências de mercado, que se destaca pela diversidade de atividades:

Abrin Talks:Uma arena de conteúdo com especialistas compartilhando boas práticas, experiências e tendências. Este ano, o foco será no passado, presente e futuro da indústria do brinquedo, explorando o mercado de Kidults e oferecendo ferramentas para preparar o setor para os desafios futuros. Você pode ver a programação completa no site,clicando aqui.

Rodada de Negócios:Um espaço dedicado para unir compradores e fornecedores, promovendo oportunidades de negócios e parcerias estratégicas. Em 2023 foram mais de 90 reuniões realizadas, entre mais de 15 empresas compradoras e 50 fornecedores.

Game Show:O retorno de um espaço interativo para lojistas experimentarem, na prática, como encantar clientes com jogos de tabuleiro.

Spielwarenmesse Trends:Uma experiência digital e imersiva, promovendo produtos e novidades da Spielwarenmesse de 2024, a maior feira internacional de brinquedos e jogos realizada em Nuremberg, Alemanha.

Exposição ABRIN 40:Um espaço comemorativo para celebrar e promover a história de parcerias, lançamentos e grandes marcos vivenciados nas 40 edições da feira.

AABRIN 2024reforça seu compromisso em proporcionar um ambiente inclusivo e enriquecedor para todos os participantes, promovendo a troca de ideias e o fortalecimento da indústria de brinquedos no Brasil.


SERVIÇO
ABRIN 2024 – 40ª Feira Internacional de Brinquedos

Dias e horários:De 03 a 05 de março, das 10h às 20h / 06 de março, das 10h às 18h.

Local: Expo Center Norte –Rua José Bernardo Pinto, 333, São Paulo – SP

(Transporte gratuito partindo da Estação Portuguesa/Tietê)


Site oficial ABRIN 2024 –clique aqui

Página oficial para credenciamento ABRIN 2024clique aqui