Seguindo sua estratégia de estar cada vez mais próxima dos consumidores da zona oeste, a TIM inaugura sua primeira loja própria em Bangu, no dia 03 de outubro. O novo ponto de vendas fica no Bangu Shopping, por onde circulam 1,8 milhões de pessoas por mês.

Para marcar a abertura da unidade, a TIM preparou uma oferta especial. O aparelho Motorola RAZR XT910 – com design diferenciado, tela grande de 4.3 polegadas e sistema operacional Android 2.3.5 – será vendido com desconto exclusivo, por R$ 1.299. Quem adquirir o smartphone e um plano pós Liberty tem ainda mais vantagens: ganha acesso ilimitado à internet e envio ilimitado de torpedos para qualquer operadora grátis por dois meses.

A oferta valerá por 15 dias, considerando a data de inauguração da loja. O smartphone será comercializado desbloqueado e sem qualquer contrato de fidelização, conforme a estratégia da TIM de garantir mais liberdade e economia para os usuários. Quem optar por um plano pós-pago Liberty na hora da compra, pode ainda parcelar o modelo em até 12 vezes sem juros no cartão de crédito.

Após os dois meses de gratuidade das ofertas Liberty Web Smart e Liberty Torpedo, os clientes podem seguir navegando e enviando mensagens de texto de forma ilimitada, pagando R$ 29,90 e R$ 12,90 mensais por cada serviço, somente nos meses em que houver uso.

Foco em lojas próprias

A mais nova loja própria TIM no Rio de Janeiro segue o conceito TIM STORE, que propõe um modelo de atendimento focado na interatividade, inovação e qualidade e que procura encantar o cliente durante sua permanência na loja. O consumidor também poderá usufruir de algumas facilidades do auto-atendimento, como a impressão de segundas vias de faturas, por exemplo.

A abertura de novas lojas próprias é fator determinante para a ampliação da presença da operadora no Brasil e para a estratégia de maior proximidade com os clientes. Tanto que, até o fim do ano, a TIM irá aumentar em quase 70% sua rede de lojas próprias no Brasil até o fim de 2012, fechando o ano com 135 unidades diretamente administradas pela empresa, em um investimento de R$ 50 milhões.