A L’Oréal, a Organização das Nações Unidas para a
Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e a Academia Brasileira de
Ciências (ABC) anunciaram as ganhadoras da sétima edição brasileira do
Programa L’Oréal-Unesco para Mulheres na Ciência. Nesta edição, o
programa dará prioridade a estudos que contribuam para o desenvolvimento
sustentável, em suas vertentes econômica, ambiental e social.

O tema remete aos debates ocorridos este ano na Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (RIO+20).

O
objetivo da premiação é incentivar a presença da mulher na fronteira do
conhecimento e garantir visibilidade ao trabalho das pesquisadoras,
além de oferecer condições favoráveis para a continuidade de projetos
por meio do auxílio financeiro.


Cada ganhadora receberá
bolsa-auxílio no valor equivalente a US$ 20 mil. Lançado em 2006, o
programa já beneficiou dezenas de jovens cientistas no Brasil,
distribuindo mais de R$ 1 milhão em bolsas-auxílio.