Segundo vice-presidente do SERAC, algumas situações básicas do dia a dia fazem com que as 24 horas parecem insuficientes, mas é possível gerenciá-las melhor

A correria do dia a dia somada à grande quantidade de tarefas que precisam ser feitas de forma rotineira muitas vezes faz com que um dia inteiro seja insuficiente para tantas ações. Neste caso, é preciso considerar que o tempo é um recurso valioso e deve ser aproveitado com sabedoria e inteligência para que sobrem horas a serem dedicadas ao que realmente importa.

De acordo com Carla Martins, vice-presidente do SERAC, hub de soluções corporativas, sendo referência nas áreas contábil, jurídica e de tecnologia, muitas coisas básicas da rotina consomem um tempo importante da agenda, por isso é preciso realizar algumas mudanças e gerenciar melhor essas tarefas e o tempo dedicado a elas. “Muitas vezes é necessário apenas aprender a otimizar o tempo para que ele renda mais, e isso começa no gerenciamento de pequenas ações”, orienta.

Confira quatro sugestões eficazes e simples de Carla Martins para conseguir lidar melhor com a falta de tempo:

  • Roupas: Quem perde muito tempo pensando no que vai vestir a cada compromisso, precisa programar de forma antecipada os looks da semana. “Separe um tempo com antecedência para avaliar o que vai vestir em eventos, reuniões e palestras. Dessa forma, não será necessário decidir na hora o que vestir. Isso sempre demora mais do que se pensa”, afirma Carla. Outra sugestão da executiva é manter um guarda-roupa arrumado para que a tarefa seja facilitada.
  • Refeições: Carla acredita que a comida é uma forma de amor, mas pensa que o ato de cozinhar pode ser muito mais prático. “Programe para cozinhar apenas um dia na semana e congele. Compre refeições congeladas e defina o cardápio da semana antecipadamente para não gastar energia todos os dias da semana pensando o que fazer”.
  • Organização da casa: Definir um lugar para cada coisa vai poupar muito tempo de ficar procurando, segundo a executiva. “Delegue tarefas para quem mora com você ajudar e programe um dia para arrumação. Depois apenas mantenha”, orienta.
  • Finanças: A vice-presidente do SERAC sugere que seja colocado em débito automático tudo que for possível. “Automatize pagamentos recorrentes para não perder tempo tendo que pagar sempre as mesmas contas”, finaliza.

Sobre Carla Martins:

Carla Martins é vice-presidente do SERAC. Atende grandes empresários e personalidades da mídia, direcionando o crescimento sustentável de diversos negócios. Possui qualificação e acredita muito no poder de gestão de negócios e no empreendedorismo feminino.

Como Vice-Presidente do SERAC busca direcionar novos empresários a alcançarem o próximo nível com soluções contábeis, jurídicas e de gestão, impactando positivamente vidas de clientes, parceiros, colaboradores, amigos e familiares. Carla é contabilista formada em Marketing pela ESPM e pós graduada em Big Data e Marketing. @soucarlamartins

Sobre o SERAC:

O SERAC é um hub de soluções corporativas, sendo referência nas áreas contábil, jurídica e de tecnologia. Com quase 300 colaboradores atendemos mais de 3.500 clientes recorrentes presentes em 20 estados brasileiros, independentemente do porte ou opção tributária.

Entre seus clientes estão grandes marcas como XP Investimentos, Bradesco, Loggi, Farmais, G4 Educação, Óticas Diniz, Mundial Calçados e, também, empresários e personalidades da mídia, como Thiago Nigro, Flávio Augusto, Joel Jota, contando com equipe especializada no mercado digital. Instagram: @sou_serac