Infoprodutores podem alavancar resultados em cerca de 30% oferecendo opção de pagamento

Nada mais fácil do que o mundo digital para quem quer escalar um produto, afinal, cursos, softwares e documentos eletrônicos podem ser facilmente replicados e distribuídos em larga escala sem qualquer barreira geográfica. Porém, dependendo do cenário, a falta de oferecimento de meios de pagamento adequados, especialmente do boleto parcelado, pode prejudicar o ganho de escala.

Segundo Reinaldo Boesso, especialista financeiro e CEO daTMB Educação,fintechque oferece a possibilidade de pagamentos parcelados por meio de boletos bancários, a maior parte das pessoas deixa de comprar na internet por não ter o meio de pagamento disponível. “Uma pesquisa realizada em 2022 mostrou que isso ocorre com cerca de 80% das pessoas e, analisando o cenário brasileiro, observamos que boa parte do público comprador ou não possui cartão de crédito ou não tem limite suficiente para realizar uma aquisição de maior valor”, afirma.

O especialista explica que, no Brasil, 78% da população está endividada, 43% está com nome sujo e que o limite médio do cartão de crédito do brasileiro é de apenas R$ 1400,00. “Neste cenário, é compreensível e necessário que o mercado digital passe por mudanças com relação às formas de pagamento de infoprodutos. Já percebemos que tanto grandes empresas quanto grandes influenciadores já notaram isso”, diz.

De acordo com Reinaldo Boesso, ao oferecer a opção de boleto parcelado, o infoprodutor pode ter alavancagem de 30% no resultado. “Isso porque ele pode passar a vender para quem não ia conseguir comprar ou por não ter cartão ou por não ter limite”, avalia. “Neste caso, a TMB consegue trazer uma base de forma segura para o infoprodutor e ajudar nas métricas, alavancando os resultados”, explica.

Boesso ainda lembra que muitas pessoas sentem-se excluídas pela barreira do pagamento único e imediato. “Com o boleto parcelado, é possível oferecer um curso ou um infoproduto qualquer para um público mais vasto e diversificado, promovendo a inclusão e expandindo horizontes. Ou seja, é a possibilidade de crescer sendo mais flexível e criando uma conexão com um público que muitos estão ignorando”, conclui.

Sobre a TMB

Trata-se de umafintechque atua com inteligência de crédito e que tem como propósito resolver uma grande lacuna da sociedade. As soluções permitem que todos aqueles leads que sonham em comprar um infoproduto digital possam, enfim, realizar esse desejo, o que permite aumentar em até 35% a mais com vendas que não aconteceriam.

No total, a empresa disponibiliza três possibilidades de crédito, onde o cliente pode escolher aquela que mais faz sentido para o seu negócio. Além do apoio financeiro, a TMB realiza recuperação de vendas de uma forma totalmente inovadora. Para mais informações, acesse ositeou pelo@tmbeducacao.

Sobre Reinaldo Boesso

É CEO da TMB Educação, umafintechespecializada em crédito educacional, que tem como grande missão democratizar o conhecimento para transformar a economia através da educação. É formado em Análise de Sistema e possui pós-graduação em gestão empresarial e gestão de projetos. Também é especialista financeiro liderando times de M&A em fundos de investimento.