História de amor do músico move novo projeto, que conta com 14 faixas e audiovisuais

Recém chegado ao Brasil, o cantor e compositor nigeriano ChingyKlean lança no dia 1º de março o álbum “Sambayeah”, segundo de sua carreira e primeiro a chegar às plataformas digitais de todo o mundo. O projeto, que conta com 14 músicas e audiovisuais, narra toda a história de amor do artista com “Adriana”, nome do single de trabalho que vem acompanhado de clipe disponível no canal do artista no YouTube na mesma data. “‘Adriana’ é uma canção especial para minha alma gêmea, onde a deixo entender o que ela significa para mim e como seu amor ilumina a minha vida. É uma confissão de como amei e apreciei o tipo de mulher que ela é para a minha alma”, conta ChingyKlean.

Mesclando inglês, igbo e ohaofia, três idiomas falados na Nigéria, país de origem do artista, o novo álbum chega com faixas dedicadas à jornada de vida, espiritualidade, religião, amor e família, tudo que move o estilo de vida de ChingyKlean. Com dois ritmos predominantes nas músicas do álbum, o reggae pop e o afro R&B, “Sambayeah” passa uma mensagem de cura do mundo, libertação, restauração, esperança, crença, igualdade e tudo que tem a ver com a verdadeira natureza da criação, onde o cantor acha que precisa descobrir o caminho para os seus sonhos e manter a mente positiva.

O novo álbum é composto por 14 faixas inéditas, todas compostas por ChingyKlean e gravadas na Nigéria. Já a faixa “Adriana” virá acompanhada por um videoclipe especial que foi idealizado através de um sonho do cantor. Com direção de Rafael Tenenbaum, o clipe ilustra a paixão de ChingyKlean por sua amada, que começou virtualmente durante a pandemia de Covid-19, em 2021. “A energia da música é a mesma que acontece entre nós dois”, explica o músico.

Outras três faixas, “Girl in the Mirror”, “Give Me Something” e “She Get It” terão seus visualizers compartilhados nas redes sociais do artista, após o lançamento do álbum. “‘Girl in the Mirror’ é uma história de amor entre duas pessoas que se comunicam virtualmente, mas querem mais um do outro. Não importa onde cada um esteja, eles se encontrarão, pois o amor é muito forte e precisam um do outro para serem completos”, descreve o compositor.

“‘Sambayeah’ é o movimento onde estou, o movimento que sou! Todas as músicas devem ecoar no coração”, completa o artista, que escolheu o Brasil para viver esse amor com Adriana e fazer seu trabalho florescer tocando mais almas e corações. O nigeriano ChingyKlean, que começou a carreira no ano de 2015, tem na música o sonho de dar esperança às pessoas transmitindo o amor verdadeiro.

Álbum “Sambayeah” – ChingyKlean

TRACKLIST

1. Girl in the Mirror

2. Adonai

3. Give Me Something

4. Fearless

5. Now and Then

6. Adriana

7. Sambayeah

8. Thousands Years

9. She Get It

10. Let’s Move On

11. Love Somebody

12. Keys to the Moon

13. Father’s Son

14. Heir Young

SOBRE CHINGYKLEAN

Com forte influência do reggae e do R&B, ChingyKlean iniciou sua carreira em 2015, aos 24 anos. Seu gosto musical é eclético, com embalo de sons de artistas como Michael Jackson, Lucky Dube, Chris Brown, Usher, entre outros. Sua grande inspiração são seus sentimentos, o céu, a voz que vem de seu coração e, por isso, o músico segue seus instintos, que são a conexão com sua espiritualidade para poder compor e traduzir em letras e melodia o que vem de seu interior.

Seu single de estreia, “Nurses”, foi lançado em 2015, e seu primeiro álbum, ”Elevation”, em 2021, mas nenhum deles foi disponibilizado nas plataformas digitais e, portanto, serão relançados no futuro. Em seus últimos trabalhos, o artista tratou de temas como o amor, a vida e a natureza.

Atualmente, o cantor e compositor vive em São Paulo, onde pretende ampliar sua carreira como músico, fazer novas conexões, se aprofundar na música brasileira e seus artistas, buscando elementos que possam somar ao que tem produzido.

“Gosto das melodias, da percussão e da bateria brasileira. É uma música que de alguma forma se aproxima de mim e do reggae”, explica ele sobre como se identifica com a cultura brasileira. E completa: “Gostaria de tocar o público com a minha música que fala sobre a bondade das pessoas, sobre encontros de almas, e, sobretudo, sobre os elos que podemos construir entre irmãos de continentes diferentes. Minha expectativa é fazer boas parcerias no Brasil”.